VOLTAR

Em projeto pioneiro no país, Nextel monitora o desempenho de sua rede por meio de linhas de ônibus que circulam pelo Rio de Janeiro

Monitoramento remoto permite que eventuais instabilidades da rede sejam identificadas e corrigidas com mais agilidade; metodologia também deve ser implementada em São Paulo

São Paulo, xx de setembro de 2016 - Desde que passou a disponibilizar serviços de telefonia móvel, há pouco mais de três anos, a Nextel conquistou uma fatia expressiva de mercado no Rio de Janeiro. Dentre os usuários da tecnologia 4G, a operadora já possui 22,5% de market share, percentual muito próximo ao detido pela empresa que atualmente lidera o ranking no estado. A qualidade diferenciada de sua rede, comprovada nas medições realizadas pela Anatel e em estudos de consultorias independentes, é apontada como um dos fatores primordiais para o bom desempenho da operadora.

Além de ser a única empresa a utilizar a frequência de 1.8 GHZ para tecnologia LTE no Brasil, que permite maior penetração indoor, sobretudo em cidades verticalizadas como o Rio de Janeiro, a Nextel tem investido em uma série de ferramentas e iniciativas para tornar a experiência dos clientes ainda melhor. Uma delas, que teve início em outubro de 2015, é pioneira no país.

A partir de um acordo firmado com a Viação Redentor, a Nextel passou a monitorar o desempenho de sua rede de voz e dados por meio de aparelhos instalados em ônibus que circulam pela capital fluminense.

O monitoramento é feito diariamente em cinco linhas da Viação Redentor (2114 – Castelo/ Freguesia; 2110 – Jd. Clarice/ Castelo; 2111 – Praça Seca/ Castelo; 2112 – Castelo/ Taquara e 2115 – Castelo/ Pechincha – que percorrem diariamente 1200km da capital fluminense.

“Anteriormente a checagem preventiva da rede era feita uma vez por semana, por uma equipe de campo que circulava pela cidade. Com a nova metodologia, a rede é mapeada várias vezes ao dia e os dados são enviados automaticamente para a nossa central, que consegue sanar eventuais problemas de forma extremamente ágil”, destaca Jorge Braga, vice-presidente de Operações da Nextel. “Além de gerar uma redução de custos, o novo modelo de gestão de rede aumentou muito nossa eficiência operacional”, acrescenta o executivo.

Além de planejar a expansão do número de linhas de ônibus envolvidas no monitoramento de rede no Rio de Janeiro, a Nextel negocia com empresas que operam em São Paulo para implantar a metodologia na capital paulistana.

Qualidade percebida

Além de ter conquistado quase ¼ dos usuários de 4G no Rio, a Nextel tem obtido o melhor desempenho do setor em relação à aquisição de novos clientes por meio de portabilidade. Entre julho de 2015 e julho de 2016, o percentual de usuários que migraram suas linhas para a Nextel saltou de 22,9% para 60,6% do total de novos clientes - crescimento de 165%. “Em pouco mais de três anos conquistamos quase 1,1 milhão de clientes no Rio, sendo 962 mil usuários de 4G. Em um mercado tão competitivo, esses números denotam que a superioridade da qualidade oferecida pela Nextel tem sido percebida”, comemora Jorge Braga.

Uma pesquisa divulgada em maio pela consultoria independente CVA Solutions com usuários de linhas pós-pagas e controle apontou a Nextel como a operadora com o maior índice de percepção de valor (custo-benefício) e mais clientes satisfeitos com a internet móvel. No estudo, a Nextel foi a única a obter a pontuação “World Class”, que atribuiu à operadora um desempenho marcadamente superior ao da concorrência nos quesitos qualidade do serviço de internet (velocidade/acesso), custo da mensalidade/custo da ligação e reputação.

Também em maio, um estudo de benchmarking realizado pela empresa My Business, atribuiu à Nextel a melhor cobertura 4G na cidade do Rio de Janeiro. A operadora foi apontada como ótima ou boa em 95,52% dos testes, resultado muito superior ao obtido pela segunda colocada, que registrou 72,08%. Consideradas apenas as avaliações classificadas como “ótimas”, o índice da Nextel foi de 64,17%, o dobro do desempenho do obtido pela segunda colocada.